segunda-feira, julho 18, 2011

INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO

Ao falarmos sobre os instrumentos de avaliação utilizados pelo psicopedagogo, entramos num dos mais polêmicos assuntos:
  • "Fazer ou não uso de instrumentos de avaliação?"
  • "Qual a necessidade e validade real dos mesmos?"
  • "Em que medida podemos nos basear em resultados de um instrumento de avaliação?"
  • "Quais considerações que devemos relevar acerca destas testagens?"
  • "Como fazermos a leitura deste material?"
Todo questionamento é válido, e por que não afirmarmos que é obrigatório na condição de psicopedagogos?
Cada linha de pensamento nos leva a fazer uso às vezes, de algum tipo de instrumento de avaliação. Como fazermos a leitura deste material, e uso do mesmo, será o grande desafio, será o momento onde estaremos nos confrontando com nossa percepção, nossa observação, nossa avaliação e, conclusivamente, diagnosticando alguém, alguém que, muito provavelmente acatará resultados, sejam eles favoráveis ou não, e que nos possibilitará trabalhar a defasagem correta do indivíduo.
A responsabilidade no uso de instrumentos de avaliação, sua escolha, o momento adequado a ser utilizado fazendo dele, instrumento de avaliação, parte e não o princípio, é o que levará ao sucesso de um diagnóstico .
Postar um comentário