quarta-feira, março 06, 2013

Sintomas de Dislexia


Sempre
- Dificuldades com a linguagem;
- Problemas com a escrita;
- Dificuldades com a ortografia;
- Lentidão na aprendizagem da leitura.


Normalmente
- Disgrafia (letra feia);
- Discalculia, dificuldade com a matemática, sobretudo na assimilação de símbolos e de decorar tabuada;
- Dificuldades com a memória de curto prazo e com a organização;
- Dificuldades em seguir indicações de caminhos e em executar sequências de tarefas complexas;
- Dificuldades para compreender textos escritos;
- Dificuldades em aprender uma segunda língua.


Algumas vezes
- Dificuldades com a linguagem falada;
- Dificuldade com a percepção espacial;
- Confusão entre direita e esquerda.

Pré -Escola
- Dispersão;
- Fraco desenvolvimento da atenção;
- Atraso no desenvolvimento da fala e da linguagem;
- Dificuldade em aprender rimas e canções;
- Fraco desenvolvimento da coordenação motora;
- Dificuldade com quebra cabeça;
- Falta de interesse por livros impressos.

Idade Escolar (a falta de acompanhamento adequado nesta fase pode acarretar prejuízos emocionais, sociais e profissionais)
- Dificuldade na aquisição e automação da leitura e escrita;
- Pobre conhecimento de rima (sons iguais no final das palavras) e aliteração (sons iguais no início das palavras);
- Desatenção e dispersão;
- Dificuldade em copiar de livros e da lousa;
- Dificuldade na coordenação motora fina (desenhos, pintura) e/ou grossa (ginástica, dança etc.);
- Desorganização geral, como constantes atrasos na entrega de trabalhos escolares e perda de materiais escolares;
- Confusão entre esquerda e direita;
- Dificuldade em manusear mapas, dicionários, listas telefônicas etc;
- Vocabulário pobre, com sentenças curtas e imaturas ou sentenças longas e vagas;
- Dificuldade na memória de curto prazo, como instruções e recados;
- Dificuldades em decorar sequências, como meses do ano, alfabeto e tabuada;
- Dificuldade na matemática e desenho geométrico;
- Dificuldade em nomear objetos e pessoas (disnomias);
- Troca de letras na escrita;
- Dificuldade na aprendizagem de uma segunda língua;
- Problemas de conduta como: depressão, timidez excessiva ou o 'palhaço' da turma;
- Bom desempenho em provas orais.

Adultos (caso não tenham passado por um acompanhamento adequado na infância)
- Continuada dificuldade na leitura e escrita;
- Memória imediata prejudicada;
- Dificuldade na aprendizagem de uma segunda língua;
- Dificuldade em nomear objetos e pessoas (disnomia);
- Dificuldade com direita e esquerda;
- Dificuldade em organização;
- Aspectos afetivos emocionais prejudicados, trazendo como consequência: depressão, ansiedade, baixa autoestima e, algumas vezes, o ingresso para as drogas e o álcool.

Postar um comentário