quarta-feira, maio 11, 2011

Wake up, everybody! It's 2011!

Wake up, everybody! It's 2011!

O título original é "Akeelah and the Bee". A HBO traduziu como "prova de fogo"!
Ele conta a história de uma menina de 11 anos, Akeelah, negra e de uma família de classe baixa, que estuda numa escola muito carente e não tem nenhum estímulo pra assistir as aulas devido à falta de desafios para ela, um coach de crianças para o famoso concurso do spelling bee a descobre e a ajuda a vencer todos os seus obstáculos, familiares, psicológicos e sociais para chegar à final nacional desse disputado e popular torneio de soletração nos Estados Unidos.
O mais bonito no filme é justamente essa luta contra os preconceitos, não só raciais, mas principalmente interiores, preconceitos que, as vezes, as pessoas têm contra elas mesmas, pessoas que não acreditam em si mesmas, que cedem à pressão da sociedade e se submetem aos seus rótulos.
Na primeira aula com esse coach, ele faz Akeelah ler a seguinte citação de Marianne Williamson:

“Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light, not our darkness that most frightens us. We ask ourselves, Who am I to be brilliant, gorgeous, talented, fabulous? Actually, who are you not to be? You are a child of God. Your playing small does not serve the world. There is nothing enlightened about shrinking so that other people won't feel insecure around you. We are all meant to shine, as children do. We were born to make manifest the glory of God that is within us. It's not just in some of us; it's in everyone. And as we let our own light shine, we unconsciously give other people permission to do the same. As we are liberated from our own fear, our presence automatically liberates others.”
Traduzindo...

"Nosso medo mais profundo não é que sejamos inadequados. Nosso medo mais profundo é que sejamos poderosos além da medida. É a nossa luz, não nossa escuridão que mais nos assusta. Nós nos perguntamos: Quem sou eu para ser brilhante, maravilhoso, talentoso e fabuloso? Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus. Bancar o pequeno não serve ao mundo. Não há iluminação em se encolher para que outras pessoas não se sintam inseguras ao seu redor. Somos todos feitos para brilhar, como fazem as crianças. Nascemos para manifestar a glória de Deus que está dentro de nós.Não é apenas em alguns de nós, está em todos. E quando deixamos nossa luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo. Quando nos libertamos do nosso medo, nossa presença automaticamente liberta os outros. "

Hoje deixo como mensagem a canção Wake Up Everybody, que em 2010 ganhou uma belíssima versão de John Legend com o grupo The Roots.
Composta por Teddy Pendergrass, morto em janeiro de 2010, a música foi lançada em 1975 por sua banda, o Harold Melvin & the Blue Notes, que também perdeu Bernard Wilson no último dia 26 de dezembro.
Esta música compõe a trilha musical desse filme: vale como indicação, não deixem de assisitir, pois o filme é comovente. Abaixo o link para download do filme.

Download – Prova De Fogo-Uma História De Vida

dd29b44b6b Download   Prova De Fogo Uma História De Vida
INFORMAÇÕES DO FILME
Ano de Lançamento: 2007
Gênero: Drama
Duração: 1h46min
Classificação Etaria: 12 Anos

Sinopse: Akeelah tem apenas 11 anos, mas um incrível talento com as palavras. Admirado com esse dom, o diretor de sua escola a inscreve num concurso regional de soletração e faz com que ela seja treinada por um professor com PhD em literatura, Dr. Larabee (Laurence Fishburne). Enfrentando a objeção de sua mãe, o ciúme de sua melhor amiga, as diferenças sociais e as dificuldades no relacionamento com o professor, Akeelah vai passando por todas as etapas do concurso, até ser classificada para a grande prova de fogo de sua vida – a final nacional em Washington.

Letra e tradução da música: Wake Up Everybody
Wake up everybody
No more sleepin' in bed

No more backward thinkin'

Time for thinkin' ahead
The world has changed
So very much
From what it used to be
There is so much hatred
War and poverty, whoa, oh

Wake up, all the teachers

Time to teach a new way

Maybe then they'll listen
To what'cha have to say
'Cause they're the ones who's coming up
And the world is in their hands
When you teach the children

Teach 'em the very best you can

The world won't get no better
If we just let it be
The world won't get no better
We gotta change it, yeah
Just you and me

Wake up, all the doctors
Make the old people well
They're the ones who suffer
And who catch all the hell
But they don't have so very long
Before their Judgment Day
So wont'cha make them happy
Before they pass away?

Wake up, all the builders

Time to build a new land

I know we can do it
If we all lend a hand
The only thing we have to do

Is put it in our minds

Surely things will work out

'Cause they do every time

The world won't get no better
If we just let it be
The world won't get no better
We gotta change it, yeah
Just you and me

It's the God hour
In the morning I wake up
Just for the breath of life I thank my maker
My mom say I come from hustlers and shakers
My mind builded on skyscrapers and acres
You say you'll take us back to where we belong
I try to write a song as sweet as the Psalms
Though I am the type to bear arms and wear my heart on my sleeve
Even when I fell in God I believed
We the days at
Weave through the maze and the season so amazing
Feed them and raise them

Seasons are Asian
Earthquakes, wars and rumours
I want us to get by
But we more than consumers

We more than shooters
We more than looters
Created in his image
So God live through us

And even in this generation livin' through computers
Only love, love, love can reboot us
Come on

Wake up, everybody
Wake up, everybody
Need a little help, y'all
Yes I do, need a little help

Need a little help, y'all

Wake up everybody
Wake up everybody
Wake up everybody
Acorda, pessoal
Chega de ficar enrolando na cama
Chega de ficar pensando na vida
É hora de pensar no futuro
O mundo mudou
Muito
Do que costumava ser
Há tanto ódio
Guerra e pobreza, oh, oh

Acordem, todos os professores
É hora de ensinar de uma nova maneira
Talvez então eles ouvirão
O que vocês têm a dizer
Porque são elas que estão chegando
E o mundo está nas mãos delas
Quando vocês ensinarem as crianças
Ensinem a elas o melhor que puder

O mundo não vai ficar melhor
Se o abandonarmos
O mundo não vai ficar melhor
Nós temos que mudar, é
Só você e eu

Acordem, todos os médicos
Deixem os idosos bem
São eles que sofrem
E que ficam com o inferno
Mas eles não têm muito tempo
Antes do dia do Juízo Final
Então por que você não os deixa felizes
Antes que eles morram?

Acordem, todos os construtores
É hora de construir uma nova terra
Sei que podemos fazer isso
Se todos dermos uma mão
A única coisa que temos que fazer
É colocarmos isso na nossa cabeça
Certamente as coisas vão dar certo
Elas funcionam toda vez

O mundo não vai ficar melhor
Se o abandonarmos
O mundo não vai ficar melhor
Nós temos que mudar, é
Só você e eu

É a hora de Deus
De manhã eu acordo
Só pelo sopro da vida já agradeço ao meu Criador
Mamãe diz que eu vivo do tráfico
Eu só penso em prédios e terras
Você diz que nos levará de volta ao nosso lugar
Tento escrever uma música doce como um salmo
Embora eu seja do tipo que carrega um fardo pesado e
abre o coração
Mesmo quando eu caí, eu acreditei em Deus
Nós somos os dias
Temos que percorrer o labirinto e a estação incrível
Temos que alimentá-las e criá-las
Estações são asiáticas
Terremotos, guerras e fofocas
Quero que a gente se dê bem
Mas nós somos mais do que meros consumidores
Somos mais do que atiradores
Mais do que saqueadores
Criados nessa imagem
Para que Deus viva através de nós
E mesmo nessa geração que só vive por computadores
Só o amor, amor, amor pode nos reiniciar
Vamos lá

Acorda, pessoal
Acorda, pessoal
Preciso de uma ajudinha, aí
Sim, preciso, preciso de uma ajudinha
Aí, pessoal, preciso de uma ajudinha
Acorda, pessoal
Acorda, pessoal
Acorda, pessoal
Postar um comentário